Durante as investigações, um suspeito de envolvimento na morte do homem foi preso, mas acabou sendo solto posteriormente

O lituano Ricardas Puisys, de 40 anos, que mora na Inglaterra, desapareceu em setembro de 2015. Após as autoridades locais realizarem diversas buscas pelo homem, ele foi dado como morto. A principal suspeita era que Ricardas teria sido assassinado por uma gangue. No entanto, o caso permaneceu aberto, até que ele foi encontrado escondido em uma floresta em Wisbech.

Antes de desaparecer, Ricardas trabalhava para a Nightlayer Leek Company, empresa rural localizada em Chatteris, onde ele foi visto pela última vez.

Durante as investigações, um suspeito de envolvimento na morte do lituano foi preso, mas acabou sendo solto posteriormente.

Rob Hall, inspetor-chefe da polícia de Bedfordshire, Cambridgeshire e Hertfordshire, informou que o paradeiro de Ricardas era um mistério, até que, no fim de junho, uma informação levou a polícia a encontrá-lo.

As autoridades locais informaram, nesta segunda-feira (3), que Ricardas passou cinco anos escondido em uma floresta de Wisbech. Agora, o homem passará por um interrogatório para esclarecer detalhes do desaparecimento.

Ricardas teria se mudado para a Inglaterra a fim de ingressar na vida de trabalhador rural. Algumas evidencias apontam para a possibilidade do lituano ter sido vítima de escravidão.

Fonte: Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui