Time da casa pressionou e teve mais oportunidades, mas Flu segurou bem; gols foram de Caio Paulista e Robson, ambos na segunda etapa

Confronto dos invictos, tudo igual na Arena Castelão em partida movimentada, mas de poucos gols. Neste domingo, Fortaleza e Fluminense ficaram no empate por 1 a 1, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Os cariocas abriram o placar com Caio Paulista, mas Robson deixou tudo igual também na segunda etapa.

FLUMINENSE ‘SOU TRICOLOR DE CORAÇÃO’

Em duelo de invictos, Fortaleza e Fluminense ficam apenas no empate no Brasileirão

Time da casa pressionou e teve mais oportunidades, mas Flu segurou bem; gols foram de Caio Paulista e Robson, ambos na segunda etapahttps://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.467.0_en.html#goog_111608824Este vídeo começará em0:060:080:15COMPARTILHE00LANCE! 20/06/2021 20:12Fortaleza (CE)

No confronto dos invictos, tudo igual na Arena Castelão em partida movimentada, mas de poucos gols. Neste domingo, Fortaleza e Fluminense ficaram no empate por 1 a 1, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Os cariocas abriram o placar com Caio Paulista, mas Robson deixou tudo igual também na segunda etapa.
PUBLICIDADE
O resultado tira o Tricolor da Pici da liderança da competição, já que os concorrentes venceram. A equipe agora fica em segundo, com 11 pontos. Já o Flu tem nove e é o sexto.As duas equipes voltam a entrar em campo na próxima quarta-feira, ambos às 19h (de Brasília). O Fortaleza visita o Flamengo no Maracanã, enquanto o Fluminense vai a Goiânia encarar o Atlético-GO.

Primeiro tempo começou agitado e com oportunidades para os dois lados. Enquanto o Fortaleza levou mais perigo, exigindo de Marcos Felipe, o Fluminense também tentou ocupar o campo ofensivo subindo a marcação para forçar os erros do adversário. Aos 11 minutos, houve um lance polêmico quando Nino fez o corte e a bola bateu no braço de André dentro da área, mas o árbitro Flavio Rodrigues de Souza não marcou, apesar das reclamações dos donos da casa.

TUDO IGUAL

FRIO E CAIO PAULISTA

A melhor chance da partida saiu dos pés de David, aos 38 minutos, mostrando a liberdade que vinha tendo entre Calegari e Nino pelo lado direito. O Fortaleza foi mais insistente, executando bem as ideias de Vojvoda, mas sem conseguir ser eficiente. O Flu encontrou dificuldades nas subidas e precisou forçar a saída de Caio Paulista, que não conseguiu encontrar os melhores passes para acionar Fred. Faltou objetividade para chegar melhor.

O Fluminense voltou mais ofensivo na segunda etapa e foi melhor. Principal jogador acionado no ataque, Caio Paulista não estava em noite inspirada e matou grande parte das chegadas. Mas, quando a fase é boa, tudo muda. Aos 10 minutos, após cobrança de escanteio, Nino desviou no primeiro pau e o atacante chegou com tranquilidade na pequena área para abrir o placar.

REAÇÃO

Atrás no placar, o Fortaleza seguiu com maior posse de bola e tentando encontrar espaços. Quando colocou a bola no chão e quebrou as linhas, deixou tudo igual. Aos 23 minutos, Yago Pikachu recebeu o passe em profundidade e cruzou de primeira para encontrar Robson. O atacante apenas escorou para dentro e igualou tudo. Destaque para Tinga, que iniciou a jogada.

NADA MUDOU

As duas equipes fizeram as mudanças da segunda etapa e, mesmo com a ideia de dar mais gás à partida, o confronto ficou bem mais truncado e também aberto. Os minutos finais foram de busca por espaços e tentativas, especialmente pelo lado do Fortaleza. O Fluminense perdeu o conjunto com as alterações e não conseguiu se lançar no contra-ataque novamente.

FICHA TÉCNICA:
FORTALEZA 1X1 FLUMINENSE

Data/Hora:
 20/06/2021, às 18h15 (de Brasília)
Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (Fifa – SP)
Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
Árbitro de vídeo: Marcio Henrique de Gois (SP)

Gols: Caio Paulista (10’/2ºT) (0-1), Robson (23’/2ºT) (1-1)
Cartões amarelos: Tinga, Luiz Henrique, Romarinho (FOR)
Cartões vermelhos: –

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Benevenuto e Titi; Pikachu, Ederson, Felipe, Luiz Henrique (Matheus Vargas – 34’/2ºT), Romarinho (Osvaldo – 38’/2ºT); David (Wellington Paulista – 26’/2ºT) e Robson. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, André (Wellington – 27’/2ºT), Nene (Luiz Henrique – 35’/2ºT); Caio Paulista (Kayky – 35’/2ºT), Gabriel Teixeira (Cazares – 29’/2ºT) e Fred (Abel Hernández – 29’/2ºT). Técnico: Roger Machado.

Fonte: Lance

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui