A rede municipal de cada cidade deve retornar às atividades até o dia 1º de março

Nesta quinta-feira (04), os alunos da rede pública estadual voltam para as salas de aula no formato presencial/híbrido, com revezamento de alunos, ou remoto, seguindo sempre as orientações do Mapa de Risco do Governo do Estado. Já a rede de ensino dos municípios deve retornar as atividades até o dia 1º de março em todo o Espírito Santo. Mais de 500 unidades devem voltar as atividades.

O modelo de ensino híbrido funcionará da seguinte maneira: metade da turma estudará em casa e a outra metade em sala de aula. Na semana seguinte, os dois grupos revezam. “Temos uma boa expectativa. Voltamos em outubro, mas foi de uma maneira quase que experimental. Foi bom, pois nos permitiu planejar melhor. O número de alunos presentes nesse primeiro dia me surpreendeu e creio que teremos um bom ano letivo”, disse o secretário de Educação do Espírito Santo, Vitor de Ângelo.

A pandemia da covid-19 mudou a rotina de muitas famílias e o ensino por meio de plataformas digitais e o híbrido tem sido uma nova realidade de adaptação. Para atender a essas demandas e auxiliar estudantes e professores, a Secretaria Estadual de Educação (Sedu) adquiriu 60 mil notebooks para alunos do Ensino Médio e abriu crédito de 5 mil reais para professores e pedagogos comprarem equipamentos. 

Aulas em Viana e Escola Cívico-Militar

Na Grande Vitória, o primeiro município a retornar as atividades nas escolas é Viana. A cidade anunciou que também adotará o modelo híbrido e presencial, realizando revezamento de alunos nas salas de aula. Os pais ou responsáveis irão assinar uma declaração optando pelas aulas presenciais ou à distância. Haverá escalonamento de grupos de alunos por série. A cidade possui 13.220 estudantes na rede municipal.

Outra novidade em Viana é o primeiro dia de aula na Escola Cívico-Militar. A unidade de ensino foi inaugurada em outubro do ano passado, mas devido a pandemia do novo coronavírus, não houve atividades na escola.

Demais cidades da Grande Vitória

Vitória, Vila Velha e Cariacica vão iniciar o ano letivo no dia 22 de fevereiro. Juntos, os municípios atendem a um contingente de 141.588 estudantes. Já na Serra, a previsão é de retorno no dia 1º de março, no formato híbrido, pelas séries finais. Atualmente, a rede pública serrana é a maior da Grande Vitória, atendendo a 71.011 estudantes.

Folha Vitória

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui