Miguel dos Santos, de 38 anos, é suspeito de cometer um duplo homicídio em 2018, na zona rural do município, e outro homicídio no ano seguinte em São Gabriel da Palha

Um ex-vereador e ex-secretário de Infraestrutura de Vila Valério foi preso na última sexta-feira (10) pela polícia civil. Miguel dos Santos, de 38 anos, é suspeito de cometer um duplo homicídio em 2018, na zona rural do município, e outro homicídio no ano seguinte em São Gabriel da Palha.

Em decorrência das investigações, o suspeito compareceu ao Fórum de São Gabriel da Palha na última sexta-feira (10), onde foi abordado por policiais civis do município e recebeu voz de prisão.

Inquéritos sobre os dois casos já foram concluídos e enviados ao Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), que ofereceu denúncia contra o suspeito.

O delegado de São Gabriel da Palha Rafael Caliman não revelou a identidade das vítimas, mas adiantou que eram pessoas que cometiam pequenos furtos e roubos em São Gabriel. 

A investigação não concluiu se houve relação entre os dois crimes, e a motivação não foi esclarecida. O detido foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de São Mateus (CDPSM), ficando à disposição da Justiça.

Em 2019, o delegado Rafael Caliman representou pela prisão preventiva do ex-vereador Miguel dos Santos. 

A ordem de prisão foi expedida, mas o suspeito obteve o direito de responder em liberdade, com a obrigatoriedade de se apresentar mensalmente no Fórum de São Gabriel da Palha.

De acordo com o delegado, foi durante as investigações do crime de 2019 que o duplo homicídio de 2018 foi identificado.

“Na época, nossas investigações apontavam que ele poderia estar envolvido no homicídio ocorrido em São Gabriel da Palha. Coletamos seu depoimento e acabamos apreendendo uma pistola que ele tinha. Ao cruzar informações dos dois inquéritos, vimos que a arma e as características físicas do investigado batiam com a descrição dada por testemunhas do crime em Vila Valério. Solicitei o laudo de comparação balística, que deu positivo: a arma entregue pelo ex-vereador, em 2019, tinha sido usada no duplo homicídio em 2018”, relatou o titular da Delegacia de São Gabriel da Palha, onde os dois casos foram investigados.

O duplo homicídio aconteceu no dia 31 de outubro de 2018, no Córrego Parajú, zona rural de Vila Valério. Já outro homicídio foi cometido em 2019, no município de São Gabriel da Palha.

Fonte: Folha Vitória

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here