Malcolm MacDonald aguarda o transplante do órgão para o local certo. Apesar de tudo, ele está feliz com seu “Jimmy”

O britânico Malcolm MacDonald, de 45 anos, teve um novo pênis reconstruído em seu braço após perder o órgão sexual original em decorrência de uma grave infecção. Agora, ele aguarda transplante para realocar o membro no lugar certo.

Em entrevista ao jornal The Sun, ele contou que precisou mudar hábitos a fim de esconder o membro no braço, como vestir roupas com mangras compridas e deixar de ir à praia. Apesar disso, ele acha graça da condição, e já chamou o novo pênis de “Jimmy”.

A história inusitada começou em 2014, quando MacDonald teve uma infecção no sangue. Por causa disso, os dedos das mãos e dos pés e o pênis dele ficaram pretos.

E então, conforme contou ao The Sun, o membro simplesmente caiu de repente. “Por dois anos após perder meu pênis e me senti a sombra de um homem. Minha vida realmente desmoronou porque eu não tinha autoconfiança. Eu bebia muito e não via minha família e amigos. Eu apenas não queria ter de encará-los”, disse.

Depois do drama, MacDonald se encontrou com o médico David Ralph, especialista em reconstrução peniana. O doutor recomendou que o novo membro fosse colocado no braço.

O pênis mecânico conta com uma uretra sintética e tem ainda dois tubos infláveis para dar ereção. O membro foi envolvido com o tecido do braço do britânico a fim de dar uma aparência verdadeira ao órgão sexual.

Embora conviva com o “Jimmy” em um local inusitado, MacDonald celebrou a cirurgia. “Quando eu vi aquilo no meu braço pela primeira vez fiquei tão, tão orgulhoso. Após tudo o que eu tinha passado, não achei nada estranho, era uma parte de mim”, disse.

O transplante ocorreria em abril deste ano, mas a pandemia de coronavírus embaçou os planos do britânico. Agora, ele espera que o pênis seja colocado no lugar certo até o fim do ano.

Fonte: Metrópoles – Saullo Brenner

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui