Após um longo período com os alunos distantes das Escolas Municipais, em razão da pandemia do novo coronavírus, na segunda-feira (21), o Município de Guarapari, através da Secretaria de Educação (Semed), irá retomar às aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (10), em reunião com o Comitê Municipal de Enfrentamento a Covid-19 e nesta sexta-feira (11) a medida foi anunciada aos diretores das escolas municipais. 

A decisão do Comitê se baseou no fato de o Município estar em risco moderado e que os números de casos ativos e óbitos têm apresentado queda nas últimas semanas.

Será implementado em toda a Rede de Ensino o sistema híbrido de ensino-aprendizagem, ou seja, serão trabalhados os componentes curriculares de forma presencial, e na semana em que os alunos estiverem em casa, serão disponibilizadas as atividades não presenciais.

No dia 21 retornam às aulas presenciais para Pré-escola (4 e 5 anos/idade), Ensino Fundamental I (1º ao 5ºano), o Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) e para Educação de Jovens e Adultos (EJA), em revezamento semanal, com média de presença de 50% dos alunos, em respeito ao distanciamento necessário. Na próxima semana as famílias precisam entrar em contato com as escolas para informações a respeito do escalonamento dos alunos, que serão divididos em grupo 1 e grupo 2.

Segundo informações da Secretaria da Educação, a presença do aluno na Escola será facultativa, ou seja, as famílias (pais ou responsáveis) decidirão se a criança irá, ou não, frequentar a Escola/sala de aula presencialmente. Caso opte por manter a criança em casa, serão disponibilizadas as atividades não presenciais, sendo realizado o monitoramento para garantia do acesso às atividades.

Creche

A data para retorno dos alunos de 0 a 03 anos ainda não foi anunciada pelo município, pois o Comitê avaliará as possibilidades para o retorno dos pequenos, mediante experiência com os maiores. 

Organização do ambiente Escolar

O preparo das Escolas se iniciou desde 2020, antes mesmo do primeiro retorno às aulas e na próxima semana as escolas e os profissionais irão se organizar para receber os alunos novamente. A Secretaria da Educação adquiriu todos os insumos necessários e constantes nas principais Legislações, principalmente os instituídos por meio da Portaria SESA/SEDU 01-R e da Portaria SESA/SEDU 02-R. Os materiais já se encontram nas Escolas em quantidade necessária e suficiente ao atendimento dos alunos e profissionais, tais como: álcool em gel, termômetro, tapete sanitizante, máscara de proteção facial, máscaras reutilizáveis (adulto e infantil), totem, dispenser, papel toalha, material de higiene e limpeza, material descartável, entre outros. Foram instalados os lavatórios em locais de maior fluxo de pessoas para constante higienização das mãos, conforme Diretrizes Gerais de Saúde.

A Vigilância Sanitária realizou vistoria às Escolas Municipais para a verificação do cumprimento dos protocolos sanitários de biossegurança, para receber os alunos.

Foram realizados os procedimentos de sinalização/demarcação, higienização e sanitização nas dependências das Escolas, limpeza e desinfecção dos equipamentos, em atendimento às regras de distanciamento e contenção da transmissão do vírus nos espaços físicos, seguindo os protocolos estabelecidos para a garantia de um ambiente seguro.
 
De forma a mantermos a prática adequada nesta nova rotina e nos protegermos contra a transmissão da COVID-19, a comunicação próxima e informações frequentes sobre as crianças são essenciais. Para estreitar essa relação com as famílias, estão sendo disponibilizadas novamente à comunidade escolar a cartilha contendo recomendações e orientações acerca das regras de segurança e higiene, bem como os cuidados a serem adotados no ambiente escolar. Os pais/responsáveis e a escola devem estar alinhados para o melhor acolhimento às crianças neste retorno presencial.
  
“Sabemos que a volta às aulas presenciais é mais um desafio diante deste cenário de pandemia. As escolas estão preparadas, nossos profissionais estão sendo vacinados e sabemos que essa experiência presencial é extremamente necessária para o desenvolvimento dos nossos alunos que estão há bastante tempo afastados da escola. Mesmo com o excelente trabalho remoto realizado pelas equipes escolares, a presença do aluno na escola é fundamental para que a aprendizagem seja mais completa”, finalizou a Secretária Municipal de Educação, Tamili Mardegan.

Fonte: PMG

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui